Nutrição Funcional e Ortomolecular

Orientação: Psicologia da Saúde -Docente em Saúde

Especialista em Doença Celíaca - Alergia ao Trigo - SGNC 

Neste programa você se beneficia de uma completa 

Orientação de Vida Saudável sem Glúten.

Tudo que você precisa saber para se manter saudável  e como se relacionar com seus familiares.

Tratamento para:

Síndrome Metabólica - Doença Celíaca - Alergias - Intolerâncias - Obesidade - Doenças Autoimunes - Envelhecimento - Rejuvenescimento - Inflamações Ocultas - Gástricos - Intestinais - Disfunções Orgânicas em Geral.

Açúcar ou Frutose?

Pra quem adora frutas tropicais, suco de frutas, açúcar mascavo, açúcar de coco, açúcar demerara e cia ltda.

A frutose é um açúcar especial, é o mais doce de todos os açúcares, sua absorção é diferente da glicose e apesar de chamada de absorção facilitada é muito mais lenta, a metade da velocidade da glicose.

Só que a mãe natureza oferece a frutose em quantidades bem pequenas e ela tem boas razões para isso. 

A glicose perfaz 80% e a frutose apenas 10% dos monossacarídeos de uma dieta considerada normal.

A frutose, na natureza, está presente sempre em pequenas quantidades, e sempre associado a fibras na frutas.

Nos dias de hoje encontramos frutas a qualquer momento do ano e em qualquer quantidade. Aprendemos que fruta é saudável .

Na sociedade capitalista, o agricultor foi estimulado a cultivar as frutas domesticadas.

Elas são maiores, mais doces, com mais polpa e com mais suco, mas não foi a natureza que as criou.

Frutas de linhagens selvagens ou verdadeiramente naturais quase não existem.

A frutose para a célula pode ser comparada a uma toxina, muito parecida com o álcool, e que é metabolizada pelo fígado de forma similar. 

Da mesma maneira que o álcool a frutose não consegue ser usada como energia imediata, então é transformada em gordura imediata. 

Assim como no caso do álcool, pequenas quantidades de frutose não são ruins.

Mas grandes quantidades, como as que consumimos nas frutas tropicais domesticadas, levam ao acúmulo de gordura no fígado ,esteatose, resistência à insulina, síndrome metabólica, insuficiência cardíaca, aumento do LDL oxidado, triglicerídeos, acumulo de gordura etc.

No organismo a frutose é a principal precursora de triglicerídeos.

Nas células, a frutose origina radicais livres. 

O produto da oxidação da frutose, é responsável pela maior parte da formação de ligações cruzadas entre proteínas que dão origem aos AGEs, produtos finais da glicação. 

Estes nada mais são que proteínas carameladas- alteradas- tanto na sua forma estrutural como seu funcionamento e que são responsáveis pelo envelhecimento da pele, flacidez e patologias graves como demência, alzheimer, parkinson, aterosclerose e especialmente as chamadas complicações do diabetes.